BLOG_black_friday_2019

Black Friday: Aproveitando de forma consciente

Está chegando o dia e você está preparado para descontos ou vai ficar de fora dessa?
Equipe Diin

A black friday já está batendo na porta. Você está pronto para abrir?

Olha, pode até ser para muitas pessoas, uma das épocas mais esperadas durante o ano. Alguns já até tem em mãos a listinha do que se quer comprar, afinal de contas a black friday é a chuva de benção dos descontos haha

Mas e você? Como anda a sua expectativa para esses gastos? Está querendo comprar algo que esteja precisando? Se sim, você tem dinheiro para essa compra? Já pesquisou preços em diversos sites e locais para ter vantagem em sua compra?

Se a sua resposta para essas perguntas foi não e você quer de alguma forma aproveitar o mês dos preços baixos, temos a “receita de bolo” perfeita para você. Não é bolo propriamente dito igual aos da Maria da Paz (se bem que poderia ser, né? 😋) mas sim no sentido do que fazer para conseguir desfrutar nesses próximos dias.

Tenha dinheiro para a sua compra

É bem óbvio falar algo do tipo porque esse é o ingrediente básico para a conclusão da sua compra. E mesmo sendo óbvio muita gente desconsidera esse básico e acaba deixando ele de lado, achando que será super possível fazer compras. Se você não desconsiderou esse básico, pula para o próximo tópico. Agora se realmente deixou de lado, continue a leitura.

Assim, possível vai ser até porque temos a possibilidade de fazer uso do cartão de crédito mas e a consciência, como é que fica? Fica pesada, né! Então para evitar esse peso, economize. Guarde um pouco do seu dinheiro para esse momento do ano e quando ele chegar, você vai se surpreender com a quantia que você pode guardar.

Quer saber de uma ferramenta que pode te ajudar a guardar? O app Diin!

Nele você guarda o seu dinheiro e ele fica trabalhando para você porque o rendimento com a gente é bem maior se você por exemplo, deixar esse dinheiro guardado em algum banco convencional.

Então pensou em guardar, opá… pensou em Diin 😃

Uni duni tê, eu escolho você

Se você conseguiu guardar uma quantia boa para os gastos da black friday, ótimo. Chegou o momento de priorizar. É basicamente da forma que o tópico sugere, fazer a sua escolha na base do uni duni tê haha

Brincadeiras a parte, faça uma listinha das coisas que você esteja precisando comprar e depois de feita considere as que você realmente precisa muito comprar (esse ponto chega a ser o de extrema necessidade), assim você chegará ao produto de máxima prioridade e mantém o foco nele para não se perder no meio do caminho.

Confiança é a base de tudo

Os mais velhos que por sua idade tem mais experiências na bagagem, de alguma forma sempre repassam esse tipo de conhecimento aos mais novos. Uma forma como meio de sobrevivência na sociedade? Talvez. Mas é bem assim que a banda toca para muitas coisas presentes em nossas vidas e se tratando do mundo virtual, é a mesma coisa ainda mais quando empresas lidam com algo tão custoso e valioso do público - o dinheiro.

Então nessa hora, é um olho no peixe e outro no gato. Faça mapeamento de sites confiáveis, fuja do desconhecido. Confira a reputação virtual do site ou até mesmo da loja, ou seja, se os preços são altos, a qualidade do produto, o prazo de entrega, etc. Para te ajudar ainda mais nesse processo, o PROCON realizou uma lista com 325 sites para passar longe e nem pensar em comprar neles, dá uma conferida depois.

Cara crachá

Com os sites de confiança salvos na barra de favoritos, chegou a hora de comparar os preços. Essa é a parte em que você precisa ter uma atenção cautelosa porque é essa atribuição que vai definir se você gastará muito ou pouco em suas compras. Não tenha preguiça, faz assim: XÔ! Porque você precisa ter cuidado com o gasto do seu dinheiro.

O cuidado mora nos pequenos detalhes então fica esperto com chamadas do tipo: “Tudo pela metade do dobro” porque às vezes não é bem dessa forma que as vendas podem rolar. A chamada é atrativa mas cuidado para não se assustar com o real preço no final de tudo.

Não vacile. Pesquise e compare, sempre!

Dar uma fugidinha

Ao contrário da música do Michel Teló, a gente sabe muito bem o que pode acontecer se não dermos essa fugidinha esperta, resultado = lugares lotados de pessoas doidas querendo agarrar todos os produtos que vê pela frente.

Mas como você já está ciente disso, com certeza vai optar por horários com menos fluxo de pessoas e na internet, vai preferir realizar suas compras em horários de contramão, na calada na noite, por exemplo. Porque você sendo muito esperto sabe muito bem que se fizer assim evita ter que lidar com as instabilidades do site devido ao grande acesso de pessoas a loja virtual, né?!

Tem que saber parar

Foi falado logo lá em cima sobre o cartão de crédito. Ele nessas horas de muita emoção é um perigo pois está em terreno de muitos descontos e em possíveis mãos que não quer deixar passar um ótimo preço de um produto x que nem está precisando passar batido.

Minha gente, nessas horas tenha um auto choque de realidade, tem que saber parar!

Se você estabeleceu um preço para ser gasto, permaneça firme nesse gasto. Se você já atingiu o limite desse gasto, game over para as suas compras e para o bem do seu controle financeiro, ok?

Corrija o deslize

Isso é mais frequente quando se realiza compras online. Está lá na maior empolgação e acaba realizando dois cliques no produto ao invés de um; opá, atenção nessa parte!

Antes de concluir as compras, dê uma conferida no seu carrinho para evitar de realizar a compra de um mesmo produto duas vezes.

Tá na mão!

Está tudo ok com o seu planejamento de compra e nela você determinou que o uso do cartão de crédito está liberada, já que né… você se organizou para pagar as futuras parcelas. Se o seu nível de organização está assim, parabéns! Só esteja com o cartão em mãos para não perder tempo e acabar não ter o produto que você se planejou muito bem para pagar com o cartão de crédito.

Não tem no Brasil, meninas!

Compras internacionais podem dar uma dor de cabeça se você não prestar atenção em taxas de importação e no IOF, por exemplo. Realize a sua compra internacional com o dobro, triplo, quádruplo de atenção para não ter que sair perdendo na Black Friday.

Barulho de cifrão

Lembra das economias que também comentamos logo no início do texto? Então, se você guardou uma quantia legal para essas compras, podemos chamar de pagamento à vista. Soa tão chic não é mesmo? Haha

Mas isso não se resume a uma atitude de rico, e sim de uma pessoa que simplesmente se planejou para realizar uma compra dessa maneira. Agora se você pretende realizar o pagamento de outras formas, certifique-se de que o local onde você quer realizar a compra aceita essas outras formas de pagamento, não apenas uma forma, tá certo? E principalmente se essa forma for pagamento por boleto, fica espero porque pode ser fraude.

Com o “bolo” quase saindo do forno, já está preparado para lamber os dedos? 😄

Divirta-se porque afinal de contas você estará realizando compras com bons descontos, têm compras mais divertidas como essa? A gente desconhece.

Mas conhecemos bem o app Diin que pode te ajudar lindamente a se preparar para para esses próximos dias de desconto. O app Diin pode:

  1. Te ajudar a economizar a grana para você fazer um possível pagamento à vista
  2. Render as suas economias bem mais se elas estivessem guardadas em qualquer outro lugar
  3. Organizar no organizador as suas economias, ganhos e até mesmo os gastos que você teve com a Black Friday
  4. Te dar dicas de como aproveitar ao máximo o mês da Black Friday
  5. Te dar a segurança por ser regulada pelo Banco Central
  6. Te apoiar na compra consciente nesse mês recheado de descontos

 

Um app perfeito para essa Black Fridaylandia ✨💰

 

 

 

Foto: Nacho Doce/Reuters

 

+ Posts